quinta-feira, 16 de julho de 2009

Toda eu...uma hipopótama

Estou escandalizada!
Estava eu ao fim da tarde a dar água à gata O. e a brincar com os gatinhos, quando a minha vizinha chega. Vizinha esta que não gosta de gatos, nem conheço algum outro animal do qual goste.
Esta informação é importante para a descrição que se segue: Eu tenho 1,60m e peso 52 kgs. Ela tem 1,65m e pesa 80 kgs.
Sem um "Olá, boa-tarde" como mandam as regras da educação, olha para mim e diz (passo a citar):
"Aiiiiiiii, D.!!!!!! Tás tão gorda!!!!Tás MUITO GORDA!!!! Tens mesmo de fazer dieta porque tás MUITO gorda!!!!!!!". Antes que eu, estupidificada que fiquei, tivesse tempo para lhe responder, vira-me as costas e vai-se embora!
Ainda estou a digerir. É certo que gosto de comer e não acho piada nenhuma à mania das dietas que algumas das minhas amigas têm, nem ao almoçar duas folhas de alface com uma rodela de pepino. É certo que no último ano engordei 3 kgs devido à quantidade de fritos que como na cantina da faculdade, por falta de opção....Mas também é certo que fico satisfeita quando olho para o espelho, porque penso que antes estava magra demais. De qualquer modo fiquei um pouco afectada, porque de seguida mando mensagem a uma amiga e pergunto:"R., diz-me a verdade, achas que eu estou gorda?", ao que ela me responde "Não acho que estejas gorda, estás um bocadinho, mas nada de especial!". Portanto, era suposto eu ter 22 anos e ter o corpo de uma miúda de 10...e depois não querem que haja anorexia.
Aqui fica a promessa...não mudarei nada, peso 52 kgs, sou saudável e normal e nunca tive queixas dos meus queridos pretendentes.
Quem gostar de tábuas de passar a ferro, vá buscá-las ao supermercado!

Sem comentários: