Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Junho, 2009

Contagem decrescente - I

Tive 15 a Comunicação Aumentativa e Alternativa..até agora, nenhuma melhoria para fazer (só faço se as notas forem inferiores a 15)!:)
E amanhã entrego o último trabalho de Voz...quase quase de férias!:)

Pssst!

Ontem, o meu pai fez anos e fomos passear.
Ontem, soube que um colega vai ser, ele próprio, pai.
Hoje, gostava de saber se passei ou não a MPTF e, caso não tenha passado, gostava de poder estudar para ir a exame já esta 5f.

Acham que estou a ficar muito curiosa??

Yupiii - parte I

A casa está um caos...os livros estão espalhados pelo chão, encostados às paredes, a roupa está por passar, já nem a gata O. quer entrar no meu quarto, mas o portefólio de estágio está finalmente TERMINADO!!!!:) Estou mesmo feliz!lol Mais um trabalhito (trabalhito é favor) de Voz, uma meia dúzia de notas jeitosas e a D. estará oficialmente de férias!!!!!!!

P.S. - podia ter arrumado o caos de tarde, mas pareceu-me melhor ideia ir antes à feira de cá da terrinha, comprar uns bikinis e uns vestidos e tal...o quê que tem? Precisava de ir espairecer, tá?:)

E acabou...bem!:)

Ontem terminou o estágio na M.A. Uma semana parece imenso tempo e já me custou sair de lá. Gosto mesmo do raio do curso!lol É impossível não ganhar afeição às crianças, mesmo àquelas que só se vê duas vezes e o ganho em aprendizagem é tanto que o passar estes 3 meses em férias (benvindas, claro) faz pensar no que estou a perder e que poderia estar a ganhar se lá passasse pelo menos um dia por semana até ao reinício das aulas. Claro que não me atrevi a sugerir isto ao orientador...paciência já ele teve em esclarecer todas as minhas dúvidas ao pormenor durante estes 5 dias.lol No final, a nota que ele me deu da parte prática, arredondada, foi 17. Nada mau...embora um 18 ficásse muito melhor na pauta.lol
17 foi também a nota que recebi de Fluência, uma boa surpresa porque se trata de uma das cadeiras fundamentais do curso, dada pelo terapeuta B., um expert na área da gaguez (e em quase todas as outras áreas.:)
Vá pirilampos e borboletas, enquanto eu termino os últimos pormenores do relatór…

Dia longoooooo

Hoje o dia de estágio foi produtivo. Estive com uma menina com uma fenda palatina, um menino autista e outro que vai ter alta da terapia porque fez uns progressos enormes!:) Não são cenários que se vejam todos os dias.
Aprendi imenso, o que dá sempre jeito.
No entanto, quando cheguei a casa recebi uma notícia bastante má, que me deixou muito preocupada e muito triste...:( Não me apetece mesmo nada perder mais uma pessoa nos próximos tempos.

Quero um destes, se faz favor...:)

Look, I guarantee there'll be tough times. I guarantee that at some point, one or both of us is gonna want to get out of this thing. But I also guarantee that if I don't ask you to be mine, I'll regret it for the rest of my life, because I know, in my heart, you're the only one for me. in "Runaway Bride"

A roda da saia é o centro do mundo

..."Então, como está a ser a semana? Tens tido muito trabalho?" - pergunta-me ela com ar de superioridade (porque TF é um curso que só ensina criancinhas a falar...é muito medíocre para a sua pessoa.)
"Não, querida, não tenho...tem sido uma monotonia...estou apenas a estagiar na zona mais deprimida da cidade, onde me cruzo com os traficantes de droga e as prostitutas, que são os pais dos meninos que atendo. Alguns não têm dinheiro para comer e vêm à Terapia porque senão a Segurança Social tira-lhes o escasso apoio que lhes dá...maior parte deles está na Terapia sem estar, e eu sou mais uma que se cruza no caminho deles, porque o Atraso, o Autismo ou outro qualquer rótulo que lhes queiram pôr, são o menor dos problemas deles.
Como vês, não tenho feito grande coisa. E tu, resolveste a situação da cor dos sapatos que tanto te preocupava porque não condizia com o tom do vestido?"
Ela nem sequer deu conta da ironia, avançou para o tema "moda" como se o mundo gira…

1st day

Hoje foi o 1º dia desta semana de estágio. Não é exactamente um hospital, tal como queria...nem estou a trabalhar em Neurologia, tal como desejava...lol mas é uma clínica simpática, cujo orientador é pontual, bem-educado e despretensioso (raro nos dias de hoje!!) e que discute comigo todos os casos sem excepção. Hoje vimos 5 crianças, tudo Atrasos de Desenvolvimento de Linguagem e Perturbações de Desenvolvimento de Linguagem, em pirolitos com 5 anos de idade.:) Não é a minha área de intervenção favorita, mas é Linguagem, logo, é muito importante e terei de saber na ponta da língua, pois é a base de tudo. Até agora estou a gostar bastante, porque dá para consolidar a matéria toda que se deu ao longo de um ano, numa disciplina que, por vezes, leva o mais santo a ter vontade de se mandar do rés-do-chão.lol Mas depois chega-se ao local de estágio e no instante seguinte temos uma E., que sem nos conhecer de lado nenhum, nos dá um abraço que chega ao coração...e isso compensa tudo.:)

Início de um dia de descanso...

Ora bem, frequências todas feitas, véspera de um estágio para o qual não há muito para estudar, trabalhos todos encaminhados...o que é que se faz? Aceita-se a sugestão do paizinho e da mãezinha para ir passar a manhã até à marginal e de caminho molhar o belo do pé na água do mar. Pois...até pode parecer apelativo. Mas não é. Não façam isso. Não vão. Fiquem em casa que é muito mais engraçado.
Fomos andar para o meio das rochas, tipo pequenas cabrinhas a escalar o monte, apanhar caramujos e tal, tudo muito bem...um calor de tostar. Lá estivémos na água, depois a secar, até que mãe diz: " Vamos indo para o carro, já é quase hora de almoçar." Vamos pois... e chave? Exacto, não há chave do carro, ninguém sabia da chave do carro que estava no bolso dos calções de banho de pai (um local seguríssmo, portanto!), chave teve perninhas e andou...
Uma hora, debaixo do sol do meio-dia, a calcorrear todas as pedrinhas, a levantar algas e mexilhões e nada da desgraçadinha aparecer. Muito mau…

Jornadas TF

Hoje decorreram as Jornadas de Terapia da Fala organizadas pela turma de 4º ano (e último!) da ESTSP. Foi muito interessante, tanto ao nível dos temas como dos convidados, diversos profissionais de áreas da saúde como a Medicina Dentária, a Ortodontia, a Fisioterapia...a verdadeira apologia ao trabalho em equipa.
Trabalho, e muito, terão também as meninas que encerram aqui esta etapa do seu percurso académico, ao começar um novo ciclo nas suas vidas. Agora sim, o real ingresso no maravilhoso mundo da Terapia da Fala!;) Ver-vos chegar a este objectivo com tanta alegria, dá-nos vontade e motivação para continuar no matter what! Obrigada por isso!
Muitos parabéns pelo terminar da licenciatura e pelo dia fantástico que nos proporcionaram hoje, muitas felicidades e uma colecção de realizações pessoais e profissionais!

Kit de sobrevivência para Terapeutas da Fala (ou futuros...)

1 Elástico
1 Corda pequena
1 Clip
1 Borracha
1 Chupa-Chupa
1 Lápis de Cor
1 Palhinha
1 Parafuso
1 Semente
1 Estrela
.
.
.
.
.
O Elástico é para lembrar o conceito de flexibilidade/cedência
A Corda é para lembrar que é melhor aproximar do que afastar pessoas
O Clipe, para ajudar a manter-nos unidos
A Borracha serve para lembrar que nenhum erro é permante
O Chupa-Chupa, para lembrar a criança que há em ti
A Palhinha, para lembrar que há coisas que não valem nada
O Parafuso, para lembrar que quando tudo parece fora de controlo, é preciso manter o sentido de humor
A Semente, para manter o contacto com as origens
A Estrela, para lembrar aquilo que podemos alcançar.

:)

Gastei mais que as palavras...

Gastei mais que as palavras
Em sonhos que eram teus,
E do pó que pisavas
Fiz estradas e céu.
Inventei ventos e ruas,
Fiz-me louco nos teus braços,
E das minhas frases nuas
No teu corpo escrevi laços.
E se partires de amanhã
Deixa a sombra e o chão
Esta noite eu e tu
Somos a Palma e a Mão
E no nome que te dei
Tu já tens onde acordar,
Amanhã eu não sei
Quem te vai abraçar.
E então voltas do nada,
Sem pecados ou perdão,
Esta noite eu e tu
Somos a Palma e a Mão.
Vem de longe o teu caminho,
Em mim faz sempre verão,
Esta noite eu e tu
Somos mais que a razão.
Eu sou um mundo sozinho,
Por isso é fácil dizeres
"Não"
Volta para mim esta noite
Para sermos
A Palma e a Mão.
A Palma e a Mão João Pedro Pais

Dia de hoje

E hoje faz um ano que nos voltámos a conhecer.
Ao fim de um ano, percebo que tudo tem de mudar, para tudo ficar na mesma.
Talvez precises de outros 365 dias...

É Junho e está tudo dito!

Frequências. Trabalhos de grupo. Falta de organização e de tempo.
Adoro Terapia da Fala, só assim se compreende que aceite esta mediocridade, a falta de pontualidade de quem connosco trabalha e que deveria ter tanta vontade de alcançar objectivos como nós. Mas não, é a inércia, a falta de pontualidade, o deixa andar...
Preocupa-me, preocupa-me de verdade a competência (ou falta dela) das pessoas que vão sair dentro de pouco tempo para o mercado de trabalho, preocupa-me, enquanto futura profissional de saúde, que conhece outros futuros (in)profissionais de saúde, que os meus pais, e um dia os meus filhos possam vir a estar nas mãos deles. É a falta de gosto, a falta de brio, de motivação, de sensibilidade para entender a dor dos outros...se é assim e ainda estão na faculdade, não quero imaginar quando estiverem num mini-gabinete, no vai-vem dum hospital ou num distante centro de saúde. Medo...muito medo.
Esperança, porque nem todos são iguais, porque há muitos que se importam, que cuid…

Perfume - Estrela da má sorte

Voltarei
Se entender que o sentimento emana
Só não sei se como antes minha alma se inflama
Meu divã
Meu amanhã
Aguardo já o que é da sorte ou do azar
Se o teu olhar me iluminar
Brando, lento, devagar
Voa solto e alto para o infinito e nada te alcançar
Rumo ao vento, rumo ao mar
Um destino um salto
Tudo p'ra sorrir e nada p'ra chorar p'ra chorar
Voltarei
Sempre que quiseres chamar por mim
Já não sei se a história irá ter um fim
Meu divã
Meu amanhã
Aguardo já o que é da sorte ou do azar
Se o teu olhar me iluminar
Brando, lento, devagar
Voa solto e alto para o infinito e nada te alcançar
Rumo ao vento, rumo ao mar
Um destino salto
Tudo p'ra sorrir e nada p'ra chorar
P'ra chorar
Brando, lento, devagar
Voa solto e alto para o infinito e nada te alcançar
Rumo ao vento, rumo ao mar
Um destino um salto
Tudo p'ra sorrir e nada p'ra chorar
P'ra chorar
P'ra chorar
P'ra chorar.

O gato afilhado - parte II

E não é que já sou madrinha do gato?lol Enviei hoje por transferência bancária 13,50€, que vão providenciar a alimentação do pequeno felino até Setembro!:) Um pequeno gesto que custou apenas menos algumas natas no bar da faculdade e que me faz sentir que alguém vai ficar um pouco mais confortável...ou pelo menos com o estômago mais aconchegadinho!:)
Só tenho pena não poder "amadrinhar" mais alguns, mas de facto a gata O., que foi adoptada aqui por casa e cuja alimentação de madame é inteiramente suportada por mim, já me dá algumas despesas...e uma estudante universitária não ganha para sustentar um zoológico.lol Talvez quando eu for uma Terapeuta da Fala famosa...;)

Refúgio das patinhas...

Consultem o site: http://apadrinhamentorefugio.blogspot.com/, e apadrinhem um gato ou um cão desde 4,50€ por mês...os voluntários do refúgio fazem um trabalho notável com pouquíssimo dinheiro e recolhem da rua muitos animais abandonados e incrivelmente mal tratados. Com 4,50€/6,50€ podem garantir a alimentação de um gato/cão (respectivamente) durante um mês inteiro. 2€ de meio em meio ano servem para desparasitar um gato... E outros valores, um pouquinho mais elevados, garantem vacinação, esterilizações, etc.
Fiquei bastante impressionada com o estado de alguns animais...e já decidi, vou apadrinhar um gatinho!:)

Pirilampolampolampo...:)

Há uns dias, M. chegou a casa com uma saquinha na mão, e ofereceu-ma. Lá dentro vinha o Pirilampo Mágico deste ano...(é roxo..a cor da moda!lol). É mesmo querido.
Faço colecção de pirilampos há imensos anos, não sei o que vejo naqueles bichinhos meios disformes, de cabeça coladinha aos pés e uns olhos desproporcionais, mas o mês de Maio não seria o mesmo sem eles!:) Já está a luzir em cima da tv do quarto...
Vá lá, corram a comprar o pirilampo...os meninos agradecem a contribuição, é por uma boa causa!:)

Xutos e Pontapés - Perfeito vazio

Aqui estou eu
Sou uma folha de papel vazia
Pequenas coisas
Pequenos pontos
Vão me mostrando o caminho
Às vezes aqui faz frio
Às vezes eu fico imóvel
Pairando no Vazio
As vezes aqui faz frio
Sei que me esperas
Não sei se vou lá chegar
Tenho coisas p'ra fazer
Tenho vidas para a acompanhar
Às vezes lá faz mais frio
Às vezes eu fico imóvel
Pairando no vazio
No perfeito vazio
Às vezes lá faz mais frio(lá fora faz tanto frio)
Bem-vindos a minha casa
Ao meu lar mais profundo
De onde saio por vezes
Para conquistar o mundo
Às vezes tu tens mais frio
Às vezes eu fico imóvel
Pairando no vazio
No perfeito vazio
Às vezes lá faz mais frio
No teu peito vazio