Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Novembro, 2009

Era para ir, mas não fui

Já aqui tinha dito que ia estagiar para uma Unidade de Apoio a Surdos. Hoje, ainda com o enjoo mal curado e dois comprimidos para me aguentar em pé, lá fui eu. Chego ao dito sítio e vejo que tem jardim-de-infância...óptimo!:) Entrei, apresentei-me, disse ao que ía, e uma funcionária muito simpática disse-me com o ar mais misericordioso do mundo: "Oh menina..está tão pálida...olhe, sente-se que é para não tombar...tenho uma coisa para lhe dizer...a menina não vai poder fazer o seu estágio aqui, a sua orientadora está doente e já não vem esta semana!"
Acho que passei de pálida a vermelho fúria...liguei para a faculdade, onde ninguém sabia de tal acontecimento (já é costume não se saber de nada ali) e pediram-me que lá fosse. Atravessei a cidade, de novo, com náuseas, e quando lá chego dizem-me: "Olha, se fores a correr, ainda apanhas o autocaro que vai para Viana! Há lá um estágio para ti!!" Pois, claro que há, deve haver deve, digo eu, mas eu é que não vou demorar 3h…

Mas tinha mesmo de ser agora?

Devo dizer que a frequência de hoje de manhã correu muito bem.:)
Cheguei a casa à hora de almoço e pensei que ia ter uma tarde santa, a recuperar o sono perdido...não aconteceu. Vá-se lá saber porquê, estou com alguma febre e farta de vomitar...isto não está a correr nada bem, sobretudo porque 2f começa o estágio e eu não tenho como faltar, dado que isso implicaria perder o trabalho deste trimestre todo. Vamos ser positivos e pensar que amanhã isto já vai estar resolvido.
E agora vou deitar-me, que o meu estômago não está para grandes balanços...

Só mais um bocadinho

A última frequência no sábado e depois uma semana de estágio e elaboração do respectivo relatório. E a colaboração no projecto de Comunicação Aumentativa e Alternativa. E depois, estarei de mini-férias...e poderei dormir mais de 4h por noite.
Ah pois...que Terapia da Fala não é para meninas...lol como diria alguém "Isso agora foi de homem, D.! Tás no caminho, miúda!":) Pois, vamos lá ver é se não me perco a meio do percurso, com o sono!

UAS

E pronto, assim foi mais uma distribuição dos locais de estágio...eu tentei, como já ando a tentar há resmas de tempo, ir para um serviço de Neurologia, estar em contacto com pessoas afásicas, que só por acaso, até é o tema do meu projecto de investigação. Mas não, as terapeutas cismam em adiar a minha vontade...desta vez vou para uma Unidade de Apoio a Surdos. Vamos lá ver o quê que vai sair dali, pelo menos treino a minha Língua Gestual, que já está MUITO enferrujada.:)

Descobrimos as maravilhas da cafeína...*

Meio litro de Coca-Cola e os trabalhos são todos despachados a cem à hora. Vai-se a ver e ainda conseguimos entregar os trabalhos de grupo no tempo previsto.lol
Amanhã vou saber onde vou estagiar a partir de dia 30...nervoso miudinho!

*O meu grupo é impecável, temos acordado todos os dias às 6h da manhã, temos aulas e depois ficamos atrabalhar até por volta das 1h da manhã. É a única forma de conseguirmos ter tudo pronto nas datas previstas...por favor, não nos digam que a cafeína faz mal...é só por mais uma semana e prometemos que a partir daí regressamos à água!

Report de um casamento

Nem sei por onde começar.
A família da noiva não suporta o noivo (e o noivo é uma pessoa impecável); a familia do noivo chegou em peso da aldeia, todos muito humildes, extremamente simpáticos e cheios de vontade de conhecer as pessoas que, tecnicamente, os deveriam ter acolhido da melhor forma. Não aconteceu.
Na casa da noiva, a bagunça total...ninguém se preocupou em arrumar as divisões, colocar umas flores...nada. Tudo muito frio, tudo muito asséptico. A irmã da noiva aos gritos lancinantes, porque tinha uma meia rasgada. O fotógrafo aos gritos com a noiva porque não havia um único sítio em condições para que ela pudesse tirar as fotos. A noiva quase em lágrimas, porque não merecia aquilo. A costureira, fantástica, é que deu um jeito na casa, vestiu a noiva com todo o carinho e meteu aquela gente na ordem.
Apenas o avô da S. lhe disse que ela estava muito bonita...o resto da família deu a entender que estava ali a fazer o frete.
Pelo que a costureira contou, a S. só sorriu de verdad…

Breve mensagem ao S.Pedro.

S.Pedro, querido, será que pode fechar a torneira e a porta? É que amanhã é o casamento da S., eu vou de vestido e com uns saltos jeitosos, e com a tempestade de chuvinha e vento que está a cair aqui na terriola, não vai correr bem e eu vou fazer fraca figura...
Faça-me lá esse jeito...Obrigadinha.

Faltam 7 dias...

A minha amiga S. casa daqui a uma semana.
Hoje fui ajudar a costureira a passar o vestido de noiva a ferro, porque a cauda é tão grande que uma pessoa sozinha fica enleada nela...parece mentira que uma de nós esteja já prestes a subir ao altar.:)

Simpatia matinal

Ao acordar.6.30h.

Mãe: Ui...que cara...dormiste mal??
Eu: Não...dói-me muito a garganta...vê aqui se achas que está inflamada.
Mãe (espreita...espreita mais uma vez, analisa bem a situação e com ar muito sério, diz): Eia...ca ganda amigdala!:)

E achou imensa piada!Nem sequer pensou que eu poderia asfixiar por estar com as amigdalas do tamanho de almôndegas!Isto...
Já decidi, vou passar o fim-de-semana todo na cama a curar a"ganda amigdala"!:p

Mesmo o final da história

Hoje fui pagar à veterinária. Ontem nem tive capacidade para perguntar quanto era, nem o que fazer com a O. Foram 100€...já com os 15 € da cremação. A minha ideia era espalhar as cinzas da O. no nosso jardim, mas pelo que a veterinária me explicou, ela vai ser cremada com outros gatinhos, porque uma cremação individual ficaria por mais de 200€. Não percebo mesmo nada destas coisas. De qualquer modo, achei que seria mais digna a cremação, do que outro qualquer fim. Fecho definitivamente o ciclo e, neste momento, digo com certeza que nunca hei-de voltar a ter um animal, que não sou capaz de voltar a passar por isto.
Daqui a uns meses, logo se verá...mas O. só houve uma, a minha.

P.S - Obrigada, do fundo do coração, às meninas que me têm deixado palavras de apoio. Eu sei que toda a gente acha que "é só uma gata", mas para mim era (é) muito mais.

A minha O. não resistiu

Morreu hoje, ao final da tarde.
Ontem fui vê-la e parecia estar a melhorar a olhos vistos, muito meiga, já se sentava, pedia festas e miava. Segundo a veterinária, pouco depois de eu ter saído da beira dela, começou a ficar muito agitada e até hoje foi sempre a piorar.
Ao que parece, ontem foi a nossa despedida.
Dói muito...e ninguém merece passar por isto duas vezes em sete dias.
Adeus, minha querida O..