Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Fevereiro, 2012

Acerca do lugar que já tenho no céu

Para ter sido um dia assim, mais valia passar directamente para 1 de Março. Estou exausta por não ter feito nada de jeito, nada do que tinha planeado correu como era suposto. Não fui chamada para trabalhar numa clínica em part-time porque o horário prolongava-se até às 21h e depois já não tinha transportes para casa...:( Era um bocadinho longe, mas o que me iam pagar compensava a deslocação e era uma boa oportunidade. Da cédula profissional também não consegui tratar porque ao que parece "Agora só em Lisboa menina!!". Claro que eu devia saber que desde há um mês para cá isso já não se trata no Porto... Ligo eu para Lisboa e pergunto como posso enviar as coisas, e a resposta da simpática senhora a quem, por sinal, não devem pagar porque ela estava notoriamente a fazer-me um favor, foi "Olhe, como é que quer que seja???? O quê que acha?? Só se quiser vir a Lisboa entregar os documentos!". Já possuída, mas ainda educada embora com vontade de lhe enfiar as fotocópias d…

In Red

Nicole Kidman
Emma Stone
Natalie Portman
Michelle Williams

R., 5 anos e toda uma infância pela frente

R. (5 anos): D., a quê que foste mascarada este Carnaval?

Eu: A nada...
R.: A NADA???(escândalo profundo) A minha mãe não me disse que tu estavas doente...

...

Eu: Olha, estive agora com a A., e acho que lhe devia ter dado os parabéns...mas não tenho a certeza se ela faz anos hoje ou amanhã...

R.: É tua amiga?

Eu: Sim, foi da minha turma, há uns anos...

R. (com ar de desdém): Pois, deves ser muito amiga dela...nem sabes o dia em que lhe deves dar os parabéns, nem lhe compraste uma prenda! Agora telefona-lhe, já que fizeste essa figura...
...


No autocarro...

R.(a falar altíssimo e de dedo em riste para uma criatura adolescente com ar de guna maldisposto e aparelho nos dentes): Aiiii! Que dentes tão feios...ficaste assim de teres usado muito tempo a chupeta, foi?? Eu também estou a tentar deixar, já só uso à noite para adormecer... Oh D., eu vou ficar assim feio como ele???
Eu: CALA-TE pah, ainda vamos chegar ao destino feitos em papa!!!! (e fugimos para a outra ponta do autocarro).
...

No shopping.…
É de aproveitar, um dia inteiro e com entrada grátis, está algum santo para cair do altar. Vou estar lá de certeza, ainda por cima é um tema importantíssimo e que não domino muito. Fica aqui então...para conhecimento da comunidade terapêutica e não terapêutica. :)
Ora passada a fase do diploma, segue-se a fase da cédula profissional que tenho de pedir (isto é por camadas) e que esvazia a minha conta (coitada, nem sei se é digna deste nome...) em mais 60 euros. A minha dúvida, e perdoem-me a ignorância, é para quê que serve a dita. O diploma já diz que sou licenciada em Terapia da Fala em Portugal, menciona a faculdade e isso tudo, então qual é o propósito da cédula? Já andei à procura desta informação mas não fiquei esclarecida, se alguém puder dar aqui uma ajudinha à maçarica...

Tarda mas não falha

Estava custoso, mas ao fim de quase 3 meses, eis que já tenho o meu diploma de grau. Se isso muda alguma coisa? Não...mas sabe bem ter a prova do esforço de 4 anos relativamente bem sucedidos. A média final não é brilhante (tal como já tinha calculado...), um modesto 16, mas estou orgulhosa dele e do empenho com que foi conseguido. Envergonha-me um bocadinho lembrar-me que no último ano, por causa de uma pessoa má que me deixou à beira do esgotamento, pensei em nunca mais voltar a entrar na faculdade, em desistir do curso...ainda bem que a razão falou mais alto, hoje sou mais feliz por ser terapeuta da fala.
Por enquanto fico satisfeita por ter uma óptima biblioteca perto de casa e um bom livro para ler...do terceiro elemento terei de começar a tratar um dia destes.
Estava há pouco a dar no telejornal um estudo feito (não me lembro por quem) sobre a sexualidade dos povos que revelou que os Portugueses eram dos que tinham uma média de relações sexuais por semana, mais elevada. Duas vezes por semana. Numa entrevista de rua, várias pessoas diziam que achavam que não era verdade, que os inquiridos mentiram nas sondagens, que ninguém tinha tempo "para isso" duas vezes por semana. Eu por acaso nem acho muito, se tivermos em conta o preço da electricidade, é normal que os Portugueses tenham optado por desligar as luzes e deixar de ver televisão, dedicando-se a actividades mais em conta. Juntando a isto o frio que tem estado...faz todo o sentido...:)


A propósito do dia de amanhã

Não gosto dele. Nem um bocadinho. Talvez para isso contribua o facto de já ter terminado um namoro no dia dos namorados, o que é sempre oportuno e lógico. Mas também não gosto do folclore à volta e dos lacinhos e ursinhos e coisinhos nas montras. Amanhã o plano é ir jantar a casa de uma amiga que é casada mas cujo marido vai trabalhar, com outra amiga, tão desimpedida quanto eu. Vamos encomendar pizzas, ver o filme do Gato das Botas e comer pipocas. Se podia ser mais romântico? Podia, mas não há namorado (tristezas desta vida...), e mesmo quando havia o dia não era festejado. Há que respeitar a tradição.

No cinema

Fui ver hoje à tarde e adorei! Meryl Streep, mais uma vez, fantástica. Ainda não vi os restantes filmes candidatos aos Óscares, mas acho que é difícil que ela não ganhe o prémio de melhor actriz. Se perder, é injusto...a caracterização, a postura, a voz, a posição dos lábios, está tudo perfeito. Pensei que o filme abordava uma vertente mais política, mas é sobretudo uma visão dela enquanto mulher e da sua solidão e demência após a perda do poder. Gostei mesmo mesmo! De realçar que a faixa etária no cinema rondava os 60/70 anos e ninguém comia pipocas :).
Estive três meses à espera de um certificado de participação de uma acção de formação a que fui, e ao fim de três meses, ei-lo, com um erro ortográfico e tudo. Bonito. Gosto quando as pessoas se esmeram.

Entretanto, e como se trata de uma sexta-feira à noite, fui socializar um bocado. Onde? A uma conferência.:p Foi interessante, embora tenham fugido completamente ao tema e de intervenção terapêutica não se tenha falado nada. Enfim, coisas desta vida...ao menos saí de casa.


:)

Oferecido pela C.Spot



Um motivo pelo qual você deve ser agradecido?
Ser filha dos melhores pais do mundo (da minha perspectiva :).


Qual foi a última coisa que você se deu de presente?

Um casaco.


Você tem o costume de pensar o que antes de dormir?
Ultimamente o pensamento mais comum é "Será que amanhã quando abrir o e-mail vou ter alguma proposta de emprego? alguma entrevista marcada?"


Seu prato favorito?
Ui ui...aqui é que é mais difícil. É mais fácil responder ao que não gosto: batatas assadas. Na minha cabeça o inferno é forrado a batatas assadas. Pratos preferidos, bacalhau à Zé do Pipo, arroz de marisco, francesinha, arroz de sarrabulho, toda a espécie de massas...enfim, a lista seria interminável.


Um lugar que você adorou conhecer?
Gostei muito de conhecer melhor Lisboa, foi uma altura muito feliz.


Qual a sua foto favorita?
A última tirada com o meu primo R. (5 anos), no lago da biblioteca.


O que mais lhe faz feliz?
Estar apaixonada (que neste momento é uma cena que não me a…
Estive duas horas com uma pessoa tão negativa, tão amarga, tão cheia de mágoa, que me sinto exausta. Parece que me levou a energia toda. Só me apetece vestir o pijama, pegar numa manta e esquecer-me do mundo.
Que gelo!Humph!

E assim se destrói toda uma infância...

Hoje foi dia de passeio, e de fazer conta aos presentinhos recebidos. Considero que este foi um bom ano, com muita qualidade e bom gosto. :p Da lista das oferendas à minha pessoa, fizeram parte:
- 1 bicicleta
- 2 cachecóis
- 1 calças
- 2 carteiras (lindas lindas lindas, uma delas tipo malote e a outra mais desportiva)
- 1 pijama
- 1 camisa de noite
- euritos que fazem sempre jeito.

Muito produtivo, por acaso. Gostei bastante, para o ano podem manter a mesma linha. ;) Não houve festa propriamente dita, mas houve bolinho e um cafézito com os amigos de sempre que soube mesmo bem!

No Porto ao Sol

Birthday girl

25

(e como o tempo passa...)

Pela estrada fora cantando lá fui...

Ora bem, hoje fui uma boa menina. Eram 7:45h saltava eu da cama, às 8.30h já me encontrava de bicicleta em riste. Estava um frio de rachar, vesti três polares, mas esqueci-me que tenho orelhas, nariz e mãos, e deixei o gorro, o cachecol e as luvas em casa. Erro. Uma hora e meia a pedalar, entre o Parque da Cidade, Matosinhos e a Ponte Arrábida. Soube-me bem, mas agora só posso repetir a graça na segunda-feira, até lá acho que vou ter de continuar a sentar-me nesta almofada...se é que me faço entender. Esta coisa de ser saudável às vezes dói...:p (não, hoje não comi tostas com Nutela, está bem?)
E aquela bicicleta de que falei aqui há dias, já mora comigo!:) Presentinho de aniversário ligeiramente adiantado. Agora sim, as minhas manhãs vão ser produtivas...preciso de me cansar, estou fartinha de ficar em casa a fazer que faço. Obviamente que um emprego seria o ideal, mas pronto, enquanto não vem, ponho-me em forma.