Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Janeiro, 2010

Um dia especial

Foi hoje. Fiz a minha primeira intervenção em Terapia da Fala.
Obrigada senhor M. por ter sido tão colaborante e por aturar aqui a novata.*


*Há que admitir que até correu bem...:)

A melhor do dia

Senhora muito muito velhinha da aldeia: Olhe menina, vou indo...a ver se no centro de saúde me medem a tensão.

Eu: Acho que não vale a pena ir lá hoje, vai cansar-se e os Enfermeiros estão em greve, não a vão atender, se calhar...

Senhora muito muito velhinha da aldeia: Sim...mas deve haver lá Enfermeiras!

Não desertei

Tenho apenas passado 15 das 24h do dia enfiada dentro da faculdade a fazer trabalhos sem fim...a modos que as 8h que passo em casa aproveito para comer e (às vezes) para dormir.

Ah! falta pouquinho para o meu aniversário e acho que um portátil lindo e pequenino vem a caminho, depois já fica mais fácil postar sem andar com este trambolho atrás!:)

A respirar do meu Oxigénio

Não é que hoje de manhã entro na minha faculdade e está um grande cartaz afixado sobre um seminário qualquer, onde ele vai falar?? Não acho normal...então agora vem invadir o meu espaço?? Não tinha mais faculdade nenhuma para ir debitar os seus conhecimentos acerca de ciência e proteinas e investigação e não sei que mais?? O que é que vem fazer para um sítio onde se trata de pessoas? Ele que só percebe de células, que anda às aranhas com o mestrado e que nem a ele se entende...
Que karma!Estou mesmo furiosa!

Provérbios

Ando a preparar uma sessão de Terapia da Fala que me tem dado a volta aos neurónios...entre muitas outras coisas, preciso de uma actividade em que entrem provérbios com o som ZZZZZ (por exemplo, "Quem casa quer casa" ou "Muito riso pouco siso"). O problema é que preciso de uns 15 provérbios e ainda só tenho 5...se se lembrarem de algum, digam, por favor, e ajudem a salvar a minha carreira* no mundo terapêutico!:) Ficar-vos-ei eternamente agradecida!


* e a não fazer figurinhas tristes...parecendo que não, estou mesmo preocupada com isto. Falta muito para o próximo estágio?? É que este já deu o que tinha a dar e não foi lá grande coisa...

1º dia de estágio---parte 1

Que seca de hospital!Estive numa sessão de Terapia da Fala*...o resto foi andar para lá a ver salas e mais salinhas e sessões de Fisioterapia e Terapia Ocupacional e porquê "Porque à 6f não há assim muitos doentes!!" Então? Ficam bons ou vão de fim-de-semana?? Bolas...

*Pelo menos acertei no único diagnóstico que pude fazer...do mal o menos. 1/1 = eficácia de 100%.

Início de semana

Ora bem, eu tenho para mim que este curso dá cabo do neurónio às pessoas.
Ponto 1: Ainda ontem começou o novo trimestre e já havia pessoas a chorar e a discutir as notas que entretanto sairam. Calma, criaturas! Tanto drama por causa de meia dúzia de décimas...temos 3 meses pela frente e ainda agora a procissão vai no adro.
Ponto 2: Uma das novas terapeutas, está grávida. Muito grávida. MESMO grávida, no fim do tempo. Tenho a crença de que vai nascer um bebé-terapeuta, mesmo ali a meio de uma aula, porque a senhora diz duas palavras e começa a hiperventilar, o que é natural porque deve ter o diafragma quase na laringe, de tanto espaço que o útero está a ocupar.
Ponto 3: Outro dos professores novos deve ter cerca de 1,30m. A sério, não estou a brincar. O senhor dá pulinhos para chegar ao quadro, uma situação nunca antes vista. Mas parece um amor de pessoa, pelo menos responde e olha para nós quando dizemos "até amanhã".
Ponto 4: Fui falar com a minha orientadora do projecto para…

Locais de estágio até à Páscoa

Desta vez não me posso queixar da sorte! Calhou-me um estágio de 3 semanas num Hospital nas redondezas do Porto num serviço de Neurologia, ainda não sei em quê ao certo, mas é provável que seja em Afasia; mais 3 semanitas num centro de Paralisia Cerebral aqui perto e por fim, os últimos 15 dias, no serviço de Medicina Física e Reabilitação do Hospital de S.João (até rimou!). Estamos felizes, portanto. Os coitados dos doentes que me calharem é que talvez não se sintam tão agradados por serem das minhas primeiras cobaias...mas lá terá de ser...eu até sou fofa, qualquer coisinha os senhores utentes vai fazer o favor de desculpar, é tudo com boa intenção, tá?!:)

Diálogos parentais

Mãe: Que frio que está hoje!Não devia ter saído de casa...
Pai: Ontem estava mais....
Mãe: Não estava não! Hoje está muito mais vento, até gela o nariz...
Pai: No telejornal estava a dar que na Suécia estão 41 graus NEGATIVOS, isso é que é frio!
Mãe: Oh, grande coisa! Eles já estão habituados!!

Figuras tristes e um pavão

Esta tarde fui ao Palácio de Cristal tratar de uns assuntos na biblioteca. Entretanto, enquanto esperávamos por outra colega, sentámo-nos num banquinho...Quem conhece o sítio sabe que lá existem algumas aves à solta. Estava eu muito sossegada a ver a paisagem quando de repente aparece uma criança vinda não se sabe bem de onde a perseguir um pavão que corria esbaforido pelo jardim fora. Resultado: a criatura avícola esbarrou-se contra os meus joelhos e eu dei um grito que se deve ter ouvido na Torre dos Clérigos enquanto toda a gente nas redondezas ria a bandeiras despregadas. O pobre do bicho além de ter corrido a maratona ainda deve ter ficado surdo. Há dias de azar.

Diz Schopenhauer e é bem verdade

"A compaixão pelos animais está intimamente ligada à bondade de carácter, e pode ser seguramente afirmado que quem é cruel com os animais não pode ser um bom homem."

Faz hoje 2 meses que a minha querida O. se foi embora...tantas saudades tuas gatinha.

Sai um livro e uma rabanada

Este tempo chato, outra vez. Uma disposição que não é a melhor. O dia ideal para ficar em casa, enroscada na mantinha, a ler o novo livro de Gonçalo Cadilhe - 1 km de cada vez - e a comer as rabanadas que mãe* acabou mesmo agora de fazer.


*Quando estamos desanimadas, só mesmo o cherinho a canela e o colo da mãe para sentirmos que contamos para alguma coisa, verdade?

O ano mudou, mas ele não

Tinha decidido cortar definitivamente relações, ignorá-lo, não lhe enviar sequer mensagem de feliz Natal.
Mandou-me ele...muito simpático, uma espécie de tentativa de aproximação. Acabei por lhe responder, passado 1h, mas respondi.
Ontem, senti-me na obrigação de restribuir o gesto, e enviei-lhe mensagem a desejar um óptimo 2010 e tal e tal...e ele nem sequer me respondeu.
Há coisas que nunca mudam, eu é que me esqueço delas e a culpa é minha.