domingo, 28 de julho de 2013

Se há coisa que me irrita é quando desistes! Nem é por ti, é porque se desistes nem te deste conta de como vale a pena! A tua primeira solução para tudo foi sempre deixar pelo caminho, fazer de conta que não aconteceu, abandonar. Gostava que já não mexesse comigo, mas mexe, porque sou persistente e enquanto não compreendo não descanso. E para mim és incompreensível. Ou então és mesmo burro e eu é que não quero aceitar.
 

sexta-feira, 26 de julho de 2013

Apagada. Confusa. Indecisa. Saturada. Deslocada. Impaciente. Desiludida. Ansiosa. Uma sombra.
 

sábado, 20 de julho de 2013

Desaparecida daqui porque o horário mudou, estou a fazer horas extra, recebi quase 20 casos novos...enfim.
Este ano de mestrado já terminou (por favor ano, passa mais devagar que isto tem sido uma correria!), e a partir de Setembro espera-me a escrita da tese. Ai. O que significa que actualmente tenho uma pós-graduação em Cuidados Paliativos.
As conversas com a criatura mantêm-se...há mais de um mês que falamos todos os dias e às vezes mais de uma vez por dia. Não sei no que isto vai parar, outra vez.
E entretanto, faltam três semanas para as minhas férias!:)

domingo, 7 de julho de 2013

...

Ontem comi um Fizz limão, hoje deitei abaixo um Cornetto... Quando quiseres pôr-te dentro de um bikini e não fores capaz, não te queixes.