Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Março, 2010

Contas à vida

Estive a fazer a média das notas destes dois anos de curso (do terceiro ainda não dá para contabilizar porque ainda falta o último trimestre) e o resultado foi de 15,1. Fiquei um bocadinho desconsolada, para dizer a verdade...com a sensação que talvez tivesse sido boa ideia ter feito algumas melhorias de nota. Mas pronto, agora já está...e podia sempre ser pior.

Projecto de Investigação

Não faço mais nada da vida desde quinta-feira à tarde, do que ler artigos científicos para o meu projecto de investigação. Era de valor se estivessem escritos em Português, mas não estão, a tortura vai de um grau pequenino - Castelhano - até um grau verdadeiramente sádico - Francês. Tenho aprendido umas coisas...por outro lado, olho para um frasco de ketchup e vejo lá siglas usadas em Terapia da Fala, o que, definitivamente, significa que se passa algo de errado comigo.lol

Iac!!

Hoje de manhã, estava eu a mudar o canal da televisão quando, de repente, me aparece algo semelhante às televendas. Parece mau, mas consegue ser pior. O produto em questão era um creme de rosto milagroso que, segundo apregoavam, tirava manchas e acne e rugas e tudo e tudo e tudo. O pequeno pormenor é que era feito de baba de caracol. Sim, baba de caracol (credo...). Simplesmente nojentinho. Mais, o anúncio afirmava que os resultados, além de excelentes, eram notórios em pouco tempo. Pessoas da publicidade, pensem comigo, como é quem produto feito a partir de cenas de caracol pode ter um efeito rápido?? Por favor...

Questão:

O que é que se faz quando se quer tirar uma pessoa da cabeça e simplesmente não se consegue?
a) Corta-se os pulsos (mas isso não invalidaria o pensamento...)
b) Vai-se até lá fora levar com um bocadinho de granizo no cabelo, a ver se se ganha juízo
c) Senta-se no sofá a comer chocolate, à espera que passe
d) Telefona-se/manda-se mensagem ao dito cujo, a dizer o que nos vai na alma
e) Outras sugestões

Aceitam-se apostas.

BE II

O exame de Bioestatística II deu-me direito a receber um 15. Para mim é uma nota brilhante, encantadoramente magnífica, no que diz respeito ao mundo dos números. O outro era mais bolos, eu sou mais letras.

Fim de estágio

E o senhor orientador deu-me 18,4 de nota. Pessoa terapêutica, isto é nota que se dê a alguém? Custava muito puxar mais uma décima e arredondar para o 19?? Ora diga lá se isso não é ser extremamente totó? Pois claro que sim...

Semana

Recebi três notas. Dois 17 e um 18. Compensou a semana de cão...que ainda não terminou.
Para piorar, sexta-feira termino o meu estágio, e ainda havia tanto para fazer...Saio sempre com a sensação que deixo as crianças na mão, apareço e desapareço. A eles não custa (passam por tantas estagiárias...), para mim é que é mais difícil, porque me lembro do nome de todos, desde o meu primeiro estágio, há três anos. :)
O M. e a B. (3 e 5 anos, respectivamente) serão para sempre lembrados como os seres mais fofos, mais facilmente "gostáveis" que se cruzaram comigo. Qualquer dia telefono-lhes, a saber como vai a vida e a dizer-lhes que foram muito importantes para mim e que ajudaram a criar o meu mundo da Terapia da Fala. :)