quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Temos um trabalho de grupo para fazer...divisão de tarefas:
Eu  - escrevo metade do trabalho numa tarde, envio artigos e dou sugestões.
Resto do grupo - permanece em silêncio quase há uma semana como se tivesse sido levado por OVNIS.
 
Era suposto a este nível as pessoas serem responsáveis...ou não?
 

Priceless

1.
 
Mãe: "Ele já sabe que se tirar más notas sai dos desportos, deixa de ir ao futebol e à natação..."
L .(6 anos): "Podes tirar-me de tudo...desde que me deixes vir à terapia da fala."
 
2.
 
Pai de uma criança de 3 anos: "Oh doutora, o que ele chorou a semana passada quando eu lhe disse que não vinhamos à terapia da fala porque não tinhamos autocarro!"
 
Adoro os meus pequenos. :)
 
 

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Modo José Luís Peixoto

Explicação da Eternidade

devagar, o tempo transforma tudo em tempo.
o ódio transforma-se em tempo, o amor
transforma-se em tempo, a dor transforma-se
em tempo.


os assuntos que julgámos mais profundos,
mais impossíveis, mais permanentes e imutáveis,
transformam-se devagar em tempo.


por si só, o tempo não é nada.
a idade de nada é nada.
a eternidade não existe.
no entanto, a eternidade existe.


os instantes dos teus olhos parados sobre mim eram eternos.
os instantes do teu sorriso eram eternos.
os instantes do teu corpo de luz eram eternos.


foste eterna até ao fim.

 
José Luís Peixoto, in "A Casa, a Escuridão"

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Surreal

Tive 18 no meu primeiro exame do mestrado. Apetece-me fazer a dança da vitória...mas seria um bocado estranho, não?:p
 
 

domingo, 18 de novembro de 2012

O que queria ter dito esta semana mas não tive tempo

Fui ver o novo filme do 007 ao cinema e gostei. Vá, não gostei assim tanto como dos dois anteriores, mas o Daniel Craig faz valer a pena e o Javier Bardem está irrepreensível. Também me intimaram a ir ver o último da saga Twilight, não sou exactamente fã, nunca li os livros, mas até foi um bocado de tempo bem passado.
Entretanto, na clínica, não nos baixaram o ordenado, aumentaram-nos foi o trabalho quase para o dobro, por isso...tecnicamente, estou a receber menos.
Este fim-de-semana fiz mais uma cadeira do mestrado, a segunda. Ou melhor, acho que fiz, porque as notas demoram imenso tempo a sair.
Outra coisa importantíssima para ser partilhada antes que me esqueça e que tem tudo a ver...adoro o canal da rede Globo que dá agora através da zon.:)
Mas mais coisas boas que aconteceram nestes dias, comprei dois pares de calças (é bom em si porque estava ficar sem calças para vestir, mas o melhor foi eu ter tido tempo para ir escolher as ditas, o que significa que estou a conseguir organizar-me melhor e já não estou a viver em função das sessões que tenho de preparar...) e ontem tive um lanchinho com as minhas amigas, ao final da tarde. Paguei 90 cêntimos por um carioca de limão, fiquei escandalizada e apeteceu-me fazer um discurso sobre o aumento do custo de vida, mas valeu pela companhia, já estamos a pensar organizar o jantar de Natal e tudo.
Resumindo, apesar das pequenas chatices que vão surgindo, têm sido dias felizes.
 
 

terça-feira, 13 de novembro de 2012

Muito bom :)


segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Amanhã vem por aí notícia bombástica...reuniões de trabalho de última hora nunca são bom presságio.
 

sábado, 10 de novembro de 2012

:(



quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Era um beijinho repenicado

A quem me trouxesse agora uma bola de berlim quentinha, daquelas de Viana. Ai que vontade...

terça-feira, 6 de novembro de 2012

Olho para ele e sei que já nada seria como antes. A vida não pára mesmo...


sexta-feira, 2 de novembro de 2012

Mesmo que a terapeuta da fala seja uma profissional séria e competente, não é possível fazer uma sessão decente quando na sala de espera da clínica se tem uma televisão nas alturas com a Júlia Pinheiro a falar de próteses penianas...é que não dá mesmo...