Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Agosto, 2010

Conversas de praia

Criança: Quero um bolo!
Mãe da criança: Não te dou bolos! Só comes porcarias...
Criança: Mas eu quero...dá me um bolo!!!
Mãe da criança: Já te disse! Não sejas teimoso! Não há bolos para ninguém! Se quiseres outra coisa eu dou-te...
Criança: O quê que me dás??
Mãe da criança: Dou-te um pacote de batatas fritas se quiseres...
Criança: :)


Enfim...

Ando nestas leituras

Valete de Copas e Dama de Espadas
Joanne Harris

Exacto...

"God grant me the serenity to accept the things I cannot change, courage to change the things I can, and wisdom to know the difference." (Reinhold Niebuhr)

Patite V

Eu sei que posso ser castigada por uma qualquer entidade divina, que só nos rimos do mal e que ainda me vai cair um raio em cima...mas de cada vez que vejo este vídeo não me consigo conter! É do melhor, especialmente sob o ponto de vista terapêutico!:)

De volta

Das férias com as amigas.
Foi bom...deu para sair um bocadinho do ambiente do costume, a companhia foi agradável e o ambiente também. A dieta é que foi por água abaixo...os gelados, pelo contrário, estiveram em alta. E as bolas de berlim. :)

Amanhã vou para aqui

E só regresso na próxima segunda-feira.
Até lá!

Sem tirar nem pôr

icanread.tumblr.com


BAAAAAHHHHHHHHHHHH

Ralhem comigo, por favor!! Não tenham piedade, eu mereço!
Não resisti e mandei-lhe mensagem...e mais grave, ele respondeu! Tudo de novo... mas porquê que eu não consigo ficar sossegada??? Burra!
Quem não tem nada que fazer, normalmente, faz asneira. Foi o meu caso.


Só para saberem

A minha mãe, quando estava grávida de mim, tinha desejos de limas. Sim, limas. E comia bastantes. Sim, daquelas coisas da família do limão, mas mais verdes e triplamente ácidas, que agora se colocam nas caipirinhas.
Depois não me venham perguntar porquê que eu nasci assim.

É mesmo isto

O momento em que desistimos de nos enganar, o momento em que o medo vence a curiosidade e desistimos do enlevo, do doce, irrepetível entusiasmo de aprender - prender - cada alguém; o momento em que dizemos "não vale a pena", "é sempre o mesmo"; o momento em que decretamos o fim da aventura e nos seguramos ao seguro, ao silêncio; o momento em que nos ensimesmamos (que verbo este) e corremos todos os ferrolhos e ligamos o alarme - não vá alguém entrar, passar as barbacãs e os fossos, galgar a última muralha - nesse momento estamos mortos. Não há outra forma de viver senão aceitando a norma que Philip Roth decreta em American Pastoral: "Erramos sobre as pessoas antes de as encontrarmos, enquanto antecipamos o encontro; erramos enquanto estamos com elas; e depois vamos para casa e contamos a alguém como foi o encontro, e erramos de novo." (Excerto da crónica "Sermões Impossíveis - Errar outra vez" de Fernanda Câncio, revista JN.)

Diet

Apetece-me tanto tanto comer aquele gelado de doce de leite que se vende no Pingo Doce...mas não pode ser nada...a dieta não se compadece com estes desejos. Vou ali comer uma pêra e venho já.

Zapping

Estou negativamente maravilhada com as barbaridades que ouço. O programa da SIC, o dos modelos, é do piorzinho que já vi. Os candidatos a beldade afirmam "faço tudo o que for preciso para estar aqui" (e acredito que faça...adeus dignididade, até à vista auto-estima), "com o hábito habituo-me" (pois claro!) ou "a minha parte preferida do meu corpo é o pénis" (eloquente). Igualmente ético é o dentista que, segundo a concorrente, diz que "se for mesmo mesmo preciso, posso tirar aparelho" (que é fixo, claro está, e que mora naqueles dentes por engano, ela nem necessita de levar o tratamento a sério nem nada...) É de qualidade, sem dúvida. Isto tudo já para não falar dos elementos do júri, pessoas inocentes, que fazem um ar de extrema indignação quando se fala em anorexia e em agências que pedem dinheiro aos "agenciados" (não sei se é assim que se diz) para os aceitarem...coitadinhos, eles nem sabem que isso acontece. Os apresentadores...davam…

E eu pergunto...onde?

Mas onde é que esta criatura, este pequeno ser abençoado*, estava que eu nunca o tinha visto? Tenho de ter mais atenção a esta miopia que isto assim não pode continuar...Matt Bomer

* Um bocadinho de por favor, como diria o outro: Se alguém souber que esta pessoa é gay, semi-gay ou seja o que for, não quero ser informada. Deixem-me viver na ilusão...nos últimos tempos só me dão notícias que eu preferia não saber.lol

Começo a amuar...

Eu quero ir ver o Shrek ao cinema...mas ninguém me leva...:(

É que o Natal é já em Dezembro (2)

E o meu já só tem uma gotinha no fundo do frasco...

Umas com tudo, outras...

Se eu me tivesse feito a mim própria, seria assim.lol



Catherine Zeta-Jones.


"Só não sei falar ao telefone"

Quem visita o cantinho sabe que adoro animais e, não raras vezes, aproveito este espaço para divulgar algumas associações que ajudam estes amigos de quatro patas a terem uma vida mais digna e feliz. Gostava muito de ser voluntária num destes locais, mas, infelizmente, o tempo não abunda e em época de aulas não me é possível assumir um compromisso destes. Assim, vou contribuindo de outras formas. Sou madrinha de um animal do Refúgio das Patinhas, como já mencionei aqui e vou sempre procurando estar a par de outras iniciativas nas quais possa participar ainda que de forma simbólica (mais simbólica do que gostaria, mas nestes tempos não andamos propriamente a nadar em notinhas de Euro...). Esta introdução para dizer que hoje andava na internet e encontrei o site da conhecida União Zoófila e este anúncio, que já tinha visto em alguns locais, mas ainda não tinha olhado para ele com atenção. Então o que sucede, perguntam vocês? Sucede que se ligarem para o número indicado, estão a contribuir…

É que o Natal é já em Dezembro (1)

Senhores da Pandora,
estive hoje no vosso prezado site e gostei do que vi. Escrevo para vos felicitar e para recomendar que, caso vejam que não vendem tudo no belo do saldo, eu estou aqui! Sou bastante eclética. Adoro colares e uso brincos e pulseiras, anéis nem tanto mas não faz mal e, por isso, sintam-se à vontade para escoar os restos da vossa colecção directamente para a minha morada. Longe de mim querer que fiquem com os armazéns cheios! Assim, ofereço-me, de coração aberto, para os auxiliar nessa árdua tarefa de tomar conta de algum do vosso stock. Prefiro a prata e o ouro branco, se puderem ter isso em atenção...
Obrigadinha por tudo e até mais ver.

Hoje foi assim...em Santiago de Compostela

Já conheço as ruas de trás para a frente, mas gosto sempre de lá voltar.