quarta-feira, 17 de junho de 2009

Gastei mais que as palavras...

Gastei mais que as palavras
Em sonhos que eram teus,
E do pó que pisavas
Fiz estradas e céu.
Inventei ventos e ruas,
Fiz-me louco nos teus braços,
E das minhas frases nuas
No teu corpo escrevi laços.
E se partires de amanhã
Deixa a sombra e o chão
Esta noite eu e tu
Somos a Palma e a Mão
E no nome que te dei
Tu já tens onde acordar,
Amanhã eu não sei
Quem te vai abraçar.
E então voltas do nada,
Sem pecados ou perdão,
Esta noite eu e tu
Somos a Palma e a Mão.
Vem de longe o teu caminho,
Em mim faz sempre verão,
Esta noite eu e tu
Somos mais que a razão.
Eu sou um mundo sozinho,
Por isso é fácil dizeres
"Não"
Volta para mim esta noite
Para sermos
A Palma e a Mão.
A Palma e a Mão
João Pedro Pais

Sem comentários: