Avançar para o conteúdo principal
Como já escrevi aqui em anos anteriores, como resolução de ano novo, um dos meus desejos é viajar. Gostava muito de conhecer as capitais europeias e afins...vejo tudo o que é colega minha a fazer isso, às vezes não sei de onde lhes vem o dinheiro, mas o certo é que fazem as malas e aí vão elas.
Conheço Portugal de lés a lés, quando era pequena os meus pais pegavam na carrinha (tínhamos uma carrinha enorme, assim tipo auto-caravana), começavam em Mogadouro e terminavam em Vila Real de Santo António. Por isso, agora gostava de espraiar os horizontes "lá para fora". Conheço algumas cidades de Espanha, como a Corunha, Salamanca, Sevilha, Santiago, Oviedo, já fui aos Picos da Europa (giro giro!), mas a Madrid ou Barcelona, por exemplo, nunca fui.
Gostava de começar por Paris. Ontem até andei a ver o preço das viagens e não é assim caro...o pior é mesmo o alojamento. Queria oferecer também a viagem aos meus pais, já que ao longo destes anos todos foram eles a proporcionar-me tanta coisa boa, sentia-me uma egoísta se fosse sozinha. Não sei se este ano vai ser possível...o trabalho ainda é a recibos verdes, uma terapeuta da fala não ganha exactamente um balúrdio por mês, há o mestrado para acabar de pagar...enfim.
De qualquer maneira, vocês que são pessoas viajadas e estão por dentro destas coisas, aconselham algum hotel em Paris?
 


Comentários

C.Spot disse…
Não conheço Paris, por isso não posso ajudar na questão do hotel...
Fui a Madrid há pouco tempo com as amigas e foi espectacular! Voo low-cost, hostel básico, comemos bem e bebemos bem e gastamos pouco dinheiro! Vale mesmo a pena tirar uns dias e conhecer o mundo. Viajar é das melhores coisas que há! A minha próxima viagem vai ser a Londres e, em princípio, ainda antes do Verão! Quando fores a Paris conta tudo aqui! :)
D. disse…
Ai C.Spot, tinha eu acabado de escrever este post e a minha senhoria a tocar à campainha. Veio desejar bom ano? Não, veio anunciar um aumento nada pequeno do aluguer...enfim, até se perde a vontade de fazer planos.
Madrid também me parece bem, o voo já tinha pensado em ser low-cost, o alojamento é que tenho mais receio, não por mim que alapo em qualquer lado, mais pelos meus pais...mas também nunca esive num hostel. Podes ter a certeza que se for a Paris vou contar tudo em tantos detalhes que ninguém me vai aturar!:) E tu conta também a tua aventura londrina!:)
beijinhos

Mensagens populares deste blogue

Temos vestido!

Quer dizer, eu tenho vestido. Vou ao casamento de um casal amigo de quem gosto muito (fui eu que os apresentei!) e vou ler durante a cerimónia e tudo e tudo, o casamento é daqui a três semanas e eu ainda não tinha vestido. Pois que hoje isso mudou, entrei numa loja, peguei em quatro vestidos jeitosinhos e o primeiro que experimentei foi amor à primeira vista. É curto, liso, muito simples, custou 60 euros e acho que vai ficar muito giro com uns acessórios. É azul cobalto (é assim que se diz, não é?), assim como os da foto abaixo. Só que agora não sei bem que cor de sapatos usar...estava inclinada para o tom nude, mas será que fica melhor com azul escuro ou preto? Que dizeis?

Dia triste

Não há palavras para descrever a tristeza que se viveu ontem e hoje em Pedrógão Grande. Perdas irreparáveis, vidas humanas, animais...tudo o que se conseguiu com tanto sacrifício. A natureza destruída. É de facto, muito triste...não imagino como seja estar lá, nem sei a aflição que sente quem viveu e vive tudo no local. Não podendo fazer nada de maior, podemos contribuir de algum modo para confortar um bocadinho quem tudo perdeu. Pensemos que pode acontecer a qualquer um de nós. Pelo que tenho visto nas redes sociais, podemos ligar para o760 100 100, e o valor de 0.50€ reverterá para as famílias vítimas deste terrível incêndio. A todos os que estão lá, na luta, CORAGEM!

Estou sem saber o que fazer. Esta devia ser uma época de paz interior e eu tenho o coração angustiado. A culpa é minha. Eu sei que vai acontecer, sei que ele volta sempre a desiludir-me, uma e outra vez...que é uma questão de tempo, e no entanto, nunca consigo ser mais forte, ser racional. Quantas vezes já tive esta conversa aqui? Sei lá! Posso garantir que não sou burrinha, que antecipo este momento há meses, não posso dizer que seja uma surpresa, mas é sempre uma desilusão. Acho que não gosto assim tanto de mim...