quarta-feira, 6 de junho de 2012

Mais uma vez fica tudo adiado. Agora que estava cheia de esperanças "vai ter de esperar mais um bocadinho, as crianças ficaram todas com varicela...sabe como é, a escola é a mesma, umas pegam às outras...não há condição para fazer as sessões". E eu espero, mais uma semana, mais um mês, mais sei lá quanto tempo. E enquanto espero desespero. E todos os dias tento...mas ninguém é de ferro e acho que me estou a ir abaixo sem saber muito bem onde me agarrar.
Começo a não suportar o falso optimismo, o "desanimar não adianta nada! Um dia destes vais encontrar um emprego bom na tua área! Vais ver que quando te aparecer o primeiro depois aparecem-te logo mais dois ou três todos juntos!" Está beeemmmm... e enquanto não aparece nada? E se só aparecer daqui por 50 anos? Vou estar na mesma em casa, a aspirar e a passar a ferro? Por quanto mais tempo vou ter de adiar a minha vida? Será que algum dia vou encontrar uma pessoa decente, será que vou ter filhos, será que vou ter independência para conseguir isso tudo? E se depois já for demasiado tarde? Às vezes é mais útil que nos ajudem a lidar com a realidade do que nos passem a mão pela cabeça.



1 comentário:

C.Spot disse...

A vida é uma merda.