domingo, 15 de julho de 2012





...e o teu canto mudou...e o sangue arrefeceu...e o meu pé aterrou...e o meu sonho morreu...