sexta-feira, 25 de maio de 2012

Saí um bocado para apanhar ar, fui a pé com o meu pai até à festa cá da terra, e encontrei a metade da família que só costumo ver uma vez por ano. Pois, com esta já vão ser duas. Ora bolas, o dobro do tempo perdido. É incrível como pessoas que não sabem nada de mim, têm sempre uma opinião pronta acerca da minha situação de desemprego/emprego. "Ai, eu se fosse a ti fazia isto! Ou fazia aquilo! Olha, não sei quem fez assim! Ah, tens de ir, nem que seja pro fim do mundo à direita, o que importa é começar! Nem que não te paguem no início!" Eh pá, eu também estou interessada em trabalhar, a mais interessada talvez, ou será que ainda não perceberam? E sendo que eu não pedi opinião a ninguém...já se calavam e tratavam da vidinha deles, não?


1 comentário:

Mary disse...

E incrível... As pessoas tem de dar sempre a sua opinião ate quando nao interessa a ninguém..
Um beijinho