sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Balanço quinzenal

De volta.
Terminei hoje de escrever a dissertação. Falta paginar, ando em guerra com isso...fica para segunda-feira, uma amiga prometeu ajudar-me. Hoje deu-me o clik e lá escrevi tudo a eito, parecia que a inspiração toda se estava a guardar para hoje. Quando terminei até me deu vontade de chorar. De alegria, de orgulho, porque mais uma vez fiz tudo sozinha mesmo quando não parecia possível, e de tristeza, porque o meu avô que tanto me incentivou a fazer este mestrado, já não teve tempo de assistir à sua conclusão.
O outro criaturo fala comigo quase todos os dias pelo skype...na semana passada, quando eu já estava crédula que ele ia ser de novo do clube dos solteiros, ele diz-me que vai passar uma semana de férias a Londres. As viagens que não fizemos...Não me disse com quem ía, mas também não foi preciso. Não me mandou mensagem toda a semana, é porque está acompanhado. E com esta desisto de vez. Está mais que visto que não é para mim, estou cansada e desiludida. E até zangada comigo e com esta teimosia de o querer quando no fundo ele não é nada do que eu imagino para mim...não trabalha, não faz por arranjar nada que o ocupe, nunca termina aquilo que começa, passa os dias fechado em casa ao computador (bem, excepto quando vai de férias com a namorada...) e acima de tudo, ao que parece é comprometido e está para durar. Não adianta continuar nesta negação que me põe a vida parada.
Entretanto, uma amiga minha decidiu a semana passada que vai casar...amanhã. :) É no registo, não é nada do que ela queria, mas é o que pode ser no momento, e estou muito feliz por ela. Não vai haver festa, mas vou lá ver o casamento e dar-lhe um beijinho.
Já disse que terminei a dissertação?:) Caramba, consegui!

1 comentário:

medusa disse...

epah por essa descrição ele não é homem que se queira! Um dia vais acordar e ver isso bem claro