terça-feira, 15 de julho de 2014

Casamento

O casamento da minha amiga correu muito bem, mas o Padre que os casou definitivamente estava num dia mau, criticou tudo e todos, o noivo já bufava. Mas o melhor foi, por motivos alheios à minha vontade, ter de me sentar no mesmo banco dos pais da noiva e o criaturo do fotógrafo ter achado que eu era a irmã. Apareço em 400 fotografias. Medo.
O que aprendi? Aprendi a não mais fazer a maquiagem no cabeleireiro. As pessoas não percebem a noção de "leve e discreto". Saí de lá cor de laranja (eu que sou branca como a cal) e com um dourado brilhante em cima dos olhos. Resultado, cheguei a casa e lavei a cara. Como diz a minha tia, a água lava tudo, só não lava as más línguas.
 

1 comentário:

DMA disse...

De facto a maquilhagem quase sempre é exagerada.