quinta-feira, 22 de maio de 2014

Surpresas terapêuticas

Hoje uma menina de cinco anos fez-me a seguinte pergunta:
 - És feliz na tua profissão?

Sou uma privilegiada.

Sem comentários: