terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Ontem à noite já estava deitada e surgiu-me um sentimento de angústia, uma tristeza tão grande...sem motivo. Hoje custou-me imenso a sair da cama para ir trabalhar, doía-me o corpo e como dormi mal estava cheia de sono, mas lá fui. A manhã correu bem. De tarde, a mesma sensação de angústia, senti-me fraca, debilitada e percebi que tinha febre...mas acho que não justifica o facto de ter começado a chorar como se não houvesse amanhã. Foi incontrolável...não sei se foi algo semelhante a uma crise de pânico...não sei...nunca me tinha acontecido antes. Chorei, chorei...e ainda não chorei tudo. Vim para casa e dormi 5h seguidas. Talvez seja exaustão, talvez seja a minha menina que iniciou a quimioterapia esta semana e que não me sai da cabeça, talvez seja o facto de ele me fazer sentir tão bem e a incerteza de não o ter perto, talvez seja tudo ao mesmo tempo que me faz este aperto no peito. Não sei o que se passa comigo.

Sem comentários: