quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Eis que a vida dá uma reviravolta

A clínica está prestes a fechar as portas, graças às maravilhosas políticas deste governo para o sector da saúde. A menos que aconteça um milagre, no fim do mês vimos todas para a rua. Não estou preparada para deixar de ser Terapeuta da Fala, sempre que penso nisso só consigo chorar... É imoral.:(
Para ajudar à festa, saíram hoje os resultados das candidaturas à bolsa de estudo e como qualquer pessoa que ganha mais de 400 euros por mês é rica e tem dinheiro para encher colchões, este ano não tive direito. E as bolsas de mérito, não tinhas notas para te candidatares? Por acaso até tinha, não fosse dar-se o caso de, ao que parece, estas terem sido canceladas..."Pois se nem há dinheiro para comprar papel higiénico e folhas para fotocópias menina! Achava que ia haver dinheiro para bolsas??" Por acaso achava, mas isso sou só eu que sou crente.
Por muitas voltas que dê não encontro outras palavras, este foi um dia de merda. Só me falta agora enviar o projecto de tese para o orientador e ele dar um parecer negativo. Bem, pelo menos já não precisava de pagar propinas, ficava com um problema resolvido por natureza.
É cansativo andar sempre a remar contra a maré...quando se pensa que se conseguiu alguma coisa com tanto esforço vem um abalo qualquer e leva tudo outra vez.
 

1 comentário:

J.C. disse...

Eu tambem estive 3 anos no ensino superior sem bolsa porque supostamente o salário dos meus pais dava para tudo (já sabe deus pagar a casa e o carro...e a minha mãe a trabalhar parte time) mas enfim!

Tudo se há-de resolver!
:)