segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Pela primeira vez nestes anos todos, o meu avô não se lembrou do meu aniversário. Não recebi o habitual telefonema madrugador das 7h da manhã com direito a um "Parabéns a você" cantado de fio a pavio que me deixava sempre sem saber o que dizer. Fui visitá-lo...é uma sombra do que era, não se lembrou e eu também não toquei no assunto. Assistir ao declínio deixa-me de rastos...ninguém devia ter de passar pelo que ele está a passar.:(
 

Sem comentários: