sexta-feira, 1 de janeiro de 2016

Feliz 2016!

Espero que tenham tido uma óptima passagem de ano e que 2016 seja um ano maravilhoso para vocês!
Também desejo que aquilo que se diz sobre a forma como se entra no ano influenciar os dias restantes seja mentira, porque eu tive a pior passagem de ano de sempre. No domingo houve discussão cá em casa...o jantar de ontem foi no silêncio absoluto. Chegou a uma altura em que as lágrimas já me caiam em cima do prato. A juntar, ainda fiquei com febre e muito constipada, pelo que foi a depressão total. Eram 21.30h já estava deitada na minha cama e só acordei à meia noite com o barulho dos fogos de artifício. Ninguém veio cá ter comigo desejar bom ano, estava cada um em sua divisão. Sinto-me triste...quero que as coisas se resolvam mas não vejo como.
Em 2015 acho que a coisa mais relevante que fiz foi terminar o mestrado...também terminaram duas amizades que eu pensei serem eternas...e confirmou-se que muitas outras não eram assim tão importantes ou que, pelo menos eu não era importante para elas. Senti-me pequenina e sozinha muitas vezes. Sinto-me assim agora. Não tenho planos e parece-me que a minha vida é vazia. Não quero ter demasiada esperança em 2016 para depois a desilusão não ser tão grande.
Desejo do fundo do coração vir cá daqui a um ano e ter algo completamente diferente para contar e um balanço muito mais alegre para fazer mas, de momento, é isto.
 
 
Aline in Wonderland

Sem comentários: